Amigos

terça-feira, 27 de julho de 2010

Oficina de performance- estudos corpo-geográficos



..Não cabe discutir o lugar, uma vez que ele é de uma plasticidade intolerável, mas sim reconhecer como o trânsito entrecorpoe ambiente, como a porta destas conexões, pode nos levar a um não-território bastante complexo: o das intermediações. Este não-lugar onde nada existe de modo acabado, mas as possibilidades de relação se fazem presentes o tempo todo, reinventa a noção de universalidade, de nacionalidade e do que significa estar no mundo“

(Christine Grainer, O Corpo, pág.108)

Para construir melhor essa relação, será usado um método, que Nathalie denomina de CORPO CRU. Aqui o corpo serve como uma espécie de matéria prima, com a qual pode ser gerada vários tipos de linguagens. Nestas, o corpo é tratado em sua natureza bruta, livre do condicionamento de ter que gerar algum produto. Ao invés da atenção estar voltada somente para fora, ela é direcionada para dentro, em especial, para a consciência corporal.

Oficina com Nathalie Fari, de 2 a 6 de agosto segunda a sexta das 14h às 18h, valor: 200,00. Para mais informações aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário