Amigos

domingo, 16 de janeiro de 2011

MoMA compra vídeo polêmico


Cena do vídeo de David Wojnarowicz


O vídeo “A fire in my belly” foi realizado pelo artista David Wojnarowicz em meados de 1986 e provoca polêmica até os dias atuais. Recentemente o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) comprou o vídeo do artista que havia sido retirado da National Portrait Gallery, em Washington, após protestos de grupos religiosos e parlamentares republicanos, em dezembro do ano passado. A cena controversa de “A fire in my belly”, é Jesus na cruz sendo coberto por formigas. O MoMA adquiriu a obra original, de 13 minutos, e uma versão de sete minutos, editada pelo próprio Wojnarowicz. Ambas estão sendo exibidas numa mostra do acervo de arte contemporânea do museu, até 9 de maio.

Em dezembro o vídeo integrava a exposição “Hide/Seek: Difference and desire in American portraiture”, uma coletiva com obras de temas homossexuais, no museu de Washington, e por causa da polêmica em torno da imagens ele foi removido da exposição. Uma decisão do alto executivo da Smithsonian que desencadeou uma reação do mundo da arte. Outro artista da mostra, AA Bronson, pediu que sua obra fosse retirada, em protesto contra a censura.

“A fire in my belly” é uma meditação poética sobre o homem, vida, morte, fé e sofrimento. É uma resposta do artista à morte relacionada à aids do seu amigo , o artista Peter Hujar. Wojnarowicz morreu da mesma doença, em 1992.

A seguir um trecho do polêmico vídeo que contém cenas fortes e nudez e é desaconselhável para menores de 18 anos. Aconselho prudência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário