Amigos

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Os desafios de Ai Weiwei


A arte de Ai Weiwei



As autoridades de Xangai demoliram ontem o estúdio do artista e ativista pelos direitos humanos Ai Weiwei.

Em novembro do ano passado, Ai queixara-se de que as autoridades tinham decidido demolir o seu estúdio, que ainda nem tinha sido inaugurado, por “razões políticas”.

Instalação de Ai Weiwei no The Mori Art Museum


Na altura, Ai foi posto em prisão domiciliar durante uma semana. A intenção era impedir um mega protesto que o dissidente preparava para “comemorar” a demolição forçada do seu estúdio,avaliado em milhões de dólares, na cidade de Xangai.
A notícia da festa protesto ganhou adeptos em todo o país. O movimento já contava com a participação de oito bandas de rock e milhares de simpatizantes que viajariam de todo a China, até Xangai para participar do evento. Temendo perder o controle da situação, as autoridades chinesas, tiraram o artista de cena e desmobilizaram os viajantes.

Ai Weiwei’s Spider located at Exchange Flags Liverpool



Essa não é a primeira vez que as autoridades chinesas reagem a um gesto de Ai, em 2008, foi espancado tão severamente pela polícia em Chengdu, capital da província de Sichuan, onde ele tinha ido para depor no julgamento de um companheiro de militância, que precisou de uma cirurgia para drenar sangue do seu cérebro.




O próprio artista documentou a destruição do estúdio, publicando fotografias na sua conta na rede social Twitter (twitter.com/aiww).

A demolição do estúdio de Ai Weiwei

Ai Weiwei, de 53 anos, é um dos artistas contemporâneos chineses mais conhecidos e premiados no Ocidente. É também dos artistas mais politicamente ativos na China, ele tem denunciado escândalos de corrupção, e no ano passado manifestou o seu apoio ao prémio Nobel da Paz Liu Xiaobo, que cumpre uma pena de prisão por subversão.

Fuck Off, 2000, performance de Ai Weiwei, Shanghai

Site de Ai Weiwei

5 comentários:

  1. Nesse mundo quem tem voz é rapidamente silenciado pelos porcos safados que estão no poder.
    Eu me revolto com essas coisas, injustiça e opressão me deixam em fúria, com o fogo revolucionário em êxtase. Maldita seja a falsa liberdade em que vivemos.

    Aquele abraço Sheilla!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito daquela da aranha.
    Adorei.
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  3. Oi Sérgio! Achei isso tudo o fim do mundo mesmo,o estúdio do cara era mágico, capaz de daqui a pouco ouvirmos as trombetas do apocalipse.
    Abração!

    ResponderExcluir
  4. Oi Anng. A aranha é mesmo muito legal. Um super abraço

    ResponderExcluir
  5. Aah o fundo de bolinhas branca.
    Na verdade ali é o meu quarto sabe.
    Tipo as fotos foram tiradas em cima da minha cama.Por isso que ficou aquele fundo preto com bolinhas :D
    Beijos

    ResponderExcluir